usb.jpgOs dispositivos USB deviam ser capazes de se auto-regenerar, ou seja, é ligar, utilizar e retirar sem pensar nas consequências. E isto nem sempre dá os melhores resultados.

Mas as pessoas que fazem os sistemas operativos disponibilizaram as ferramentas para a correcta remoção dos dispositivos e que se não fizerem o unmount em linux arriscam-se a deixar na máquina os ficheiros que copiaram para a pen USB, mas a prática de remover o dispositivo sem desmontá-lo é frequente entre as pessoas.

Mas sejamos honestos, por mais que queiramos usar o “Safely Remove Hardware” não consiguimos. Está demasiado escondido na barra de tarefas. E raramente nos lembramos dele. Normalmente apenas depois de retirar o dispositivo.

Mas agora deixaremos de ter essa desculpa pois descobri uma maneira de ter o “Safely Remove Hardware” onde é mais fácil, ou seja, na ponta do mouse, mais precisamente num atalho que pode ser deixado na área de trabalho ou alocado numa barra de Dock.

O processo de criação desse atalho é simples, mas antes de o explicar vou dar-vos o comando que devem correr para que, por artes mágicas do processamento computacional, vos seja mostrada a janela de “Safely Remove Hardware”.

RunDll32.exe shell32.dll,Control_RunDLL hotplug.dll

Executem esse comando no vosso Menu Iniciar > Executar e vejam o que acontece:

usb2.jpg

Vamos então criar o atalho.

Para isso e com o botão direito do mouse em qualquer lugar da área de trabalho, depois devem escolher “Novo” e depois “Atalho” (”New” e “Shortcut”).

Na janela que aparecer devem colocar o comando indicado em cima:

RunDll32.exe shell32.dll,Control_RunDLL hotplug.dll

usb3.jpg

Carreguem em Seguinte (Next) e será mostrada a janela onde vos é pedido o nome do novo atalho:

usb4.jpg

Caso pretendam podem definir uma tecla de atalho ou um novo ícone para este novo atalho (passe a redundância) através da edição das propriedades do mesmo.

 

usb6.jpg

Esta receita foi demonstrada em Windows XP mas funciona perfeitamente em Windows Vista também.

Agora é só colocarem o vosso novo atalho onde mais jeito vos der e começarem a ejetar os dispositivos USB da forma correta.

Fonte e texto original: Peopleware